*mil

mil trovoadas de apocalipse

cinquenta viagens no tempo
novos universos e os mesmos caminhos

vinte viçosos e frescos corações
de sangue espesso, viscoso e vibrante

dez renasceres
entre imortalidades

um único
maldito, arrogante, pulsante amor;

de desfeito, roto, velho e gasto
ganha uma grandeza indecente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.