*sonho(s)

hoje acordei de lágrimas nas bochechas. Sonhei que o meu coração foi arrancado à vista de um desejo que eu julgava morto.

nada na morte me incomoda. Só a ausência de quem ainda vive.

não tens o direito de me invadir as noites, não te pedi nada menos a ausência.

revelação: o meu maior segredo é o meu desejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.